Pesquisa
Filters

A SUA MARCA ESTÁ PRONTA PARA EXPOR NUMA LOJA COLABORATIVA?

Se engana quem pensa que, para estar numa loja colaborativa, basta simplesmente ter uma marca. Há alguns outros pontos que você deve avaliar direitinho para descobrir se já está na hora de partir para um ponto físico. Vamos falar sobre eles?

loja colaborativa marca

1 – Ter uma marca

Em primeiro lugar, claro, você deve ter uma marca. “Ter uma marca”, entenda, é mais do que revender um produto ou ter aptidão para algum tipo de trabalho manual. Ter uma marca é estar engajado naquele trabalho a ponto de pensar nele como uma fonte de renda. É estar com disposição (e tempo) para se dedicar a ele.

 

2 – Como andam as suas vendas?

Se você já tem uma marca, deve então observar as suas vendas. Quantos produtos você vende por mês? Qual o faturamento da sua marca? Esse faturamento já lhe traz lucro? Quanto de lucro você tem por mês com os seus produtos?

Se a sua marca ainda não lhe dá lucros ou se você ainda não conseguiu vislumbrar um aumento das vendas que seja capaz de chegar nesse ponto, talvez não seja a hora de investir numa loja física. Por outro lado, se as suas vendas, hoje, já são maiores em números que o investimento que você precisará fazer e se sua projeção lhe mostra que a tendência é crescer, vem correndo que a hora chegou!

 

3 – Você é capaz de suprir sua demanda de entregas?

Por fim, você deve observar a sua demanda. Hoje, com os seus pontos de venda atuais (que podem ser simplesmente o Instagram ou Whatsapp), você consegue atender a demanda do seu público? Há realmente uma demanda maior do que a que você está conseguindo suprir com entregas? E se a sua demanda aumentar, você terá condições de suprir com produção?

Lembre que não adianta fazer parte de uma loja colaborativa e continuar direcionando todos os seus clientes para que comprem diretamente com você. Também não vale a pena investir num novo ponto de vendas se a sua produção não vai ser suficiente para suprir a nova demanda.

 

Estar numa loja colaborativa

Por aqui entendemos que ir para uma loja colaborativa é um passo que se dá em busca do crescimento da sua marca. Estar num ponto físico demanda investimento, tempo, logística de reposição e, claro, uma produção suficiente para suprir os custos e lhe dar um lucro satisfatório.

Claro que sempre haverá a marca que deseja nascer num ponto físico e nós adoramos isso. Mas você tem de saber que aquele custo já deve fazer parte da sua primeira planilha de investimentos.

A loja colaborativa deve chegar na vida da sua marca como uma solução, um novo ponto de vendas e não como mais um custo que você tem na sua planilha. Quer saber se a sua marca está pronta para ir para uma loja colaborativa, então se pergunte: a minha marca está pronta para ter uma loja física? Se a resposta for “com certeza”, então vem pra cá!

Deixe o seu comentário